Venha caminhar no coração do Parque Natural da Ria Formosa, observar o labirinto de canais e vegetação dos sapais, encandear-se com o reflexo do sol nas águas, respirar o ar da maresia carregado de sal, quem sabe cruzar-se com um camaleão (Chamaleo chamaleon), avistar aves aquáticas e escutar os seus distintos sons, observar uma atividade com tradições milenares como é a produção de sal.

A Ria formosa é classificada como Wetland of International Importance (Zona Húmida de Importância Internacional) pela Convenção de Ramsar. É parte integrante da ZPE (Zona de Proteção Especial) da Rede Natura 2000, possui qualificação de IBA (Área Importante para as Aves e a Biodiversidade) segundo os critérios da BirdLife International e foi constituída Parque Natural de Portugal em 1987.

A Ria Formosa é formada por um cordão dunar arenoso litoral constituído por ilhas e penínsulas, e pela zona lagunar. Parte do sistema lagunar encontra-se permanentemente submerso, enquanto que uma percentagem significativa emerge durante a baixa-mar. Os avanços e recuos das marés e a baixa profundidade das águas, possibilita a existência de uma grande biodiversidade, nomeadamente de crustáceos, moluscos, anelídeos, e peixes, assim como dos seus principais predadores: as aves.

IMG_3213-mod1

IMG_3289-mod1

De entre as cerca de 200 espécies de aves, que se podem observar na ria, salientam-se as aves aquáticas. No conceito de aves aquáticas procura-se englobar todas as espécies que estão mais ou menos ligadas a biótopos húmidos. Consoante a época do ano, pode-se observar diferentes aves assim como variações no seu número. A maior parte das limícolas e patos estão presentes somente durante o Inverno. As Garças, por exemplo, são mais abundantes durante os meses mais quentes. Há também espécies que permanecem durante todo o ano, podendo a sua população aumentar durante parte do ano em consequência da chegada de aves migrantes.

Como exemplos de aves que se podem avistar estão o Alfaiate (Recurvirostra avosetta), a Garça (Egretta garzetta), o Flamingo (Phoenicopterus ruber), o Colhereiro (Platalea leucorodia), o Camão (Porphyrio porphyrio), o Alcaravão (Burhinus oedicnenus), a Perdiz-do-mar (Glareola pranticola), o Perna-longa (Himantopus himantopus), o Borrelho-de-coleira-interrompida (Charadrius alexandrius). A Libelinha (Sympetrum fonscolombii), o Caranguejo Boca-cava-terra (Uca tangeri), o Sapo-unha-negra (Pelobates cultripes) são exemplos de animais que se podem encontrar nesta zona.

Sympetrum fonscolombii 2

Zerynthia rumina - Carnaval - Spanish Festoon

8360599487_502fe44f63_o
Photo credit: Michele Lamberti / VisualHunt.com / CC BY

No capítulo da flora, as comunidades vegetais da Ria constituem zonações características que fornecem estabilidade e servem de habitat para inúmeras espécies. Entre muitas outras espécies encontram-se a Cistanca (Cistanche phelypaea), o Junco-marítimo (Juncus maritimus), a Salgadeira (Triplex halimus), a Armeria gatidana, o Estorno (Ammophila arenaria), o Salgado (Limoniastrum monopetalum) e o Narciso-das-areias (Pancratium maritimum).



A existência de diversos recursos na Ria formosa desde há muito que estimulou, a fixação das populações humanas nas sua imediações. Desde a Antiguidade que o Homem realiza neste território atividades milenares como a produção de sal e a captura de pescado. Como testemunhos desse passado estão as ruínas romanas de tanques de produção de Garum (mistura de pescados, sal e especiarias) presentes na Quinta de Marim em Olhão.

À semelhança dos tempos da Antiguidade, nos dias que correm a Ria Formosa continua a servir de âncora às populações locais devido às múltiplas atividades económicas que possibilita, casos da pesca, da aquacultura de bivalves, da indústria de conservas de pescado, produção de sal, atividades turísticas, extração de inertes, transportes de mercadorias, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Photo credit: Rui Ornelas / Visual hunt / CC BY

Reserve Agora

  • Distância: 5,7 km
  • Tipo: Circular
  • Duração: 3 horas
  • Preço: 25€/pax

Mapa

Mapa Rota das Aves

Photo credit: JerryL2008 / Visualhunt.com / CC BY

Vista fantástica da Ria Formosa e ilha da Armona.

Reserve Agora